Nossas Notícias

Presença de cães em praias é tema de debate entre médicos veterinários

Presença de cães em praias é tema de debate entre médicos veterinários


Evento que ocorre no dia 13 de maio é promovido pela Somevesc.

 


Levar o animal de estimação à praia pode parecer um ato de amor e companheirismo, mas também pode oferecer riscos para a saúde humana e dos próprios animais. Preocupados com isto os médicos veterinários da Sociedade Catarinense de Medicina Veterinária de Santa Catarina (Somevesc) promoverão um evento para debater o assunto no dia 13 de maio às 19h no Plenarinho - 1º andar da Reitoria da UDESC. O encontro além de reunir profissionais da área também é destinado a estudantes universitários do curso de veterinária.

O debate terá a presença dos médicos veterinários: Luiz Afonso Erthal, da Anclivepa/SC e Ricardo de Pauli - COMPORVET, mediados pelo assessor jurídico da Sociedade Catarinense de Medicina Veterinária (Somevesc), Dr. Nefhar Borck.

 

De acordo com os médicos veterinários, a presença de animais no litoral pode trazer doenças para os adultos e principalmente para as crianças, que têm maior contato com a areia. Micoses de pele, outros fungos e alguns parasitas podem ser transmitidos.

A saúde do animal de estimação também é posta em risco, com a chance de contrair viroses, possivelmente de animais de rua e sem vacinação. Outra questão são as altas temperaturas, que podem provocar queimaduras nas patas e na pele e desequilíbrio no sistema termorregulador dos animais.

Proibidos de frequentar as praias em função da lei complementar municipal 94/2001, o debate foi aberto devido a entrada do projeto de lei 1.705/2018, que prevê a circulação de cães nas faixas restritas e demarcadas de praias da Ilha de Santa Catarina e do Continente, escolhidas pelo poder público municipal, e que está em discussão na Câmara de Vereadores.

No entanto, em vários países a presença de cães na praia é permitida. Estados Unidos e Inglaterra são exemplos disso, pois permitem essa presença em locais pré-determinados, chamados praiasdog friendly. Espanha e Itália têm legislação semelhante. Muitos tutores manifestam o desejo de desfrutar da companhia de seus cães quando frequentam a praia.

Por isto, a SOMEVESC deseja promover a discussão do assunto, para que os médicos veterinários possam orientar seus cliente sobre qual a atitude a tomar e quais as precauções necessárias para proteger a saúde dos animais e dos humanos.

Compartilhar:

Comentários