29 de janeiro de 2013

O Patrão Velho chamou, por Air Fagundes

O Patrão Velho que manda na grande estância do Universo, de repente, resolveu ajustar uma peonada jovem, bonita e inteligente para cuidar das suas sesmarias, por esta razão, chamou muitos estudantes dos cursos das ciências agrárias (Medicina Veterinária, Zootecnia, Agronomia) da Universidade Federal de Santa Maria.

O trabalho dessa gurizada na eternidade será cuidar dos animais e das plantas nos campos grandes do céu. Campeirear montado em um bom cavalo crioulo, fazer alguns tiros de laço e, nas horas vagas, saborear um bom chimarrão com erva buena, prosear e bailar ao som de uma música gaúcha. Som que estavam ouvindo na hora da partida, sem tempo para despedidas.

A dor e a saudade dos pais, irmãos, parentes, amigos e conhecidos por muito tempo serão imensas, mas com o passar do tempo, aos poucos, irão se transformando em uma doce saudade. E ficará na parede, desafiando o esquecimento e materializando a presença, uma fotografia do ente querido requisitado pelo Patrão Velho, detentor de todas as decisões em nossas vidas efêmeras.

Como ex-professor do curso de Medicina Veterinária da UFSM, meu abraço cinchado aos parentes e professores que choram e estão sofrendo pela morte desses jovens na plenitude da existência.

 

Air Fagundes, médico veterinário ex-professor da UFSM

Deixar um Comentário

     


Nota: A moderação de comentários pode estar ativa, então não há necessidade de re-enviar o seu comentário.